Voz do Pároco

Caros Paroquianos,

“Tua Palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho!” (Salmo 119,105).
O mês de setembro, para nós católicos do Brasil é o mês dedicado à Bíblia, isso desde 1971. Mas desde 1947, se comemora o Dia da Bíblia no último domingo de setembro. O mês de setembro foi escolhido como mês da Bíblia porque no dia 30 de setembro é dia de São Jerônimo (ele nasceu em 340 e faleceu em 420 dC).
São Jerônimo foi um grande biblista e foi ele quem traduziu a Bíblia dos originais (hebraico e grego) para o latim (Vulgata), que naquela época era a língua falada no mundo e usada na liturgia da Igreja. Hoje a Bíblia é o único livro que está traduzido em praticamente todas as línguas do mundo e está em quase todas as casas, talvez nem façamos idéia, mas a Bíblia é o livro mais vendido, distribuído e impresso em toda a história da humanidade.
O cristianismo é a “religião da Palavra de Deus’”  não de “uma palavra escrita e muda, mas do Verbo encarnado e vivo” (cf. Bento XVI. Exortação Apostólica Verbum Domini, 7), desse modo, a Sagrada Escritura é a Palavra de Deus enquanto foi escrita por inspiração do Espírito de Deus e que deve ser interpretada à luz da Sagrada Tradição da Igreja. A Bíblia católica possui 73 livros, divididos no Antigo e Novo Testamento. Ambos formam um único livro. O novo está implícito no Antigo e o Antigo se torna claro, se realiza no Novo. Em outras palavras, Cristo é o Tesouro escondido no Antigo Testamento, como afirmam alguns Padres da Igreja.
A Igreja deseja, neste mês, recordar a importância da Bíblia, Palavra de Deus revelada, que é um dos textos mais importantes do mundo humanamente falando e, para nós cristãos, é a luz que conduz nossos passos. Na Bíblia é o próprio Deus que se revela a nós através de sua Palavra. Por isso devemos “acolher a palavra de Deus, não como palavra humana, mas como mensagem de Deus, o que ela é em verdade”. Ela é “viva, eficaz, mais penetrante do que uma espada de dois gumes e atinge até a divisão da alma e do corpo, das juntas e medulas, e discerne os pensamentos e intenções do coração” (Hb 4, 12). Além disso, “toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra” (2Tm 3, 16)
São Jerônimo dizia: “Desconhecer as Sagradas Escrituras é ignorar o próprio Jesus Cristo”. Santa Teresinha do Menino Jesus, falando do Evangelho, escreveu: “Acima de tudo, o que me sustenta durante a oração é o evangelho. Nele encontro tudo o que necessita minha pobre alma. Nele continuamente descubro novas luzes e sentidos ocultos e misteriosos” .
Que neste mês da Bíblia, a Palavra que vem da boca de Deus nos anime, dê força e coragem e com isso sejamos cristãos da Esperança!
Alguns conselhos práticos para quem quer ler, conhecer e viver segundo a Bíblia:
1)Pedir sempre ajuda ao Espírito Santo, isto é, iniciar sempre com uma oração;
2) Começar pelos livros e textos mais fáceis, ou seja, os Evangelhos, Atos dos Apóstolos…;
3) Ler e meditar um texto por dia (não é a quantidade que importa, mas a qualidade);
4) Procurar descobrir o contexto em que o texto foi escrito, ou seja: por que e para quem o texto foi escrito;
5) Anotar na sua Bíblia os textos que mais chamam a atenção;
6) Quando encontrar textos difíceis, passar adiante, deixar estes textos para quando participar de um curso ou quando encontrar pessoas que podem ajudar a explicar;
7) Atualizar o texto para hoje: colocá-lo em prática na vida. Celebrar e rezar a Bíblia e a vida. Viver a Palavra!
Que a Santíssima Virgem de Nazaré, lhe envolva com seu olhar materno e interceda por você junto a Deus!
Fraternalmente,

Padre Raimundo Alves - Pároco

Liturgia

 

Paróquia em Ação

 

veja

Notícias do Dia

 

 

 

 

 

clique nas logomarcas

 

Calendário Paroquial


Faça o download do calendário paroquial clicando no link acima.

Espaço Jovem

PARTICIPE DE NOSSOS GRUPOS

JLC - Sábado - 16h - Capela Mistério da Fé

FANUEL - Domingo - 17h - Capela Mistério da Fé

FONTE DE VIVER - Sexta - Feira - 19:30h - Capela Mistério da Fé

Jornal ECC

ReflexõesDeUmAprendiz

Nossa Senhora de Nazaré

Nossa Senhora de Nazaré é um dos títulos dados a Maria, mãe de Jesus. A devoção teve início em Portugal e espalhou-se pelas colônias portuguesas. No Brasil, a devoção a Nossa Senhora de Nazaré tem grande expressão em Belém(Pará), através do Círio de Nazaré, que se tornou uma das maiores procissões do mundo.

 

São João Piamarta

São Giovanni Battista Piamarta foi sacerdote católico da Itália, fundador da Congregação da Sagrada Família de Nazaré. Foi beatificado em 12 de Outubro de 1997 pelo Papa João Paulo II e canonizado pelo Papa Bento XVI em 21 de outubro de 2012. A sua festa litúrgica é em 26 de abril.